<<voltar

Maratona de “Prata” nas ruas de Lisboa

Maratona em contexto de efemérides

A 25ª edição da Maratona de Lisboa, que se disputa no próximo domingo, dia 5 de Dezembro, surge num contexto de efemérides relacionadas com a mais clássica das distâncias do calendário olímpico do atletismo.

A 25ª edição da Maratona de Lisboa, que se disputa no próximo domingo, dia 5 de Dezembro, surge num contexto de efemérides relacionadas com a mais clássica das distâncias do calendário olímpico do atletismo, já que, em 2010, se assinala também a passagem do centésimo aniversário da primeira maratona disputada em Portugal, e se comemoram os 2500 anos da vitória ateniense na Batalha de Maratona, e o Centenário da implantação da República Portuguesa, figurando, portanto, no programa dos Jogos do Centenário.


Num percurso melhorado em relação ao ano passado, mas continuando a ter a partida e a chegada no Campo de Jogos 1º de Maio, da Fundação Inatel, a Maratona de Lisboa, que nas suas “bodas de prata” volta a ser Campeonato de Portugal, prepara-se para melhorar o recorde de participantes e para se consolidar como a mais internacional de todas as maratonas portuguesas atraindo um elevado contingente de concorrentes estrangeiros, este ano, a rondar a casa do milhar.


Apresentando como principal favorito o queniano Kurgat Nixson, estreante na distância mas a preparar-se intensamente para correr em Lisboa, a prova contará também com o vencedor do ano passado, Vasco Azevedo, que é tido como forte candidato ao título de campeão nacional, com outro queniano, Anthony Maritim, e o ucraniano Olexey Rybalchenko. No sector feminino as atenções recaem sobre as russas Marina Kovaleva e Ekaterina Shiahova.


A Maratona de Lisboa, que volta a ter a forte colaboração da Câmara de Lisboa, do Inatel, do Metropolitano de Lisboa, da Associação de Atletismo de Lisboa e da Federação Portuguesa de Atletismo, inclui também no seu programa desportivo uma corrida de Meia-Maratona, a Maratona por Estafetas e uma Prova Aberta destinada às Famílias, que movimentam ao todo perto de cinco mil concorrentes.


A Xistarca, que organiza a Maratona de Lisboa, desde a sua primeira edição, em 1986, não quis deixar passar despercebida a passagem do centenário da primeira maratona corrida no nosso país, lançando o livro “Cem Anos de Maratona em Portugal” da autoria do jornalista António Manuel Fernandes.

 

Guita Júnior