Reabertura da Carreira de Tiro de Pedrouços (Lisboa)

<< voltar

«Tiro Civil» "Foi importante a reabertura da carreira de tiro de Pedrouços ao elemento civil. O número de atiradores foi avultadíssimo, muito superior mesmo aos dias de maior concorrência antes do seu encerramento. Basta dizer, que tendo sido então a maior inscrição de 88 a de domingo foi de 143. Quase todas as linhas funcionaram, sempre com grande concorrência de atiradores. Duas delas eram destinadas para as instruções preliminares da nova arma Mauser-Vergueiro que a União dos Atiradores Civis conseguiu que fosse fornecida ao elemento civil. Pouco depois do meio-dia deu-se o sinal de fogo e ao disparar-se o primeiro tiro a banda de infantaria I tocou A Portuguesa que foi ouvida pela numerosa concorrência com o respeito devido ao verdadeiro hino nacional. Reconhecia-se em todos os espíritos uma alegria sincera pelo conseguimento da reabertura da carreira, estultamente vedada durante tanto tempo ao elemento civil."

In «Tiro e Sport», Ano XVI – N.º 456 de 15 de Novembro de 1910, p.14.

fig07